Mrs. Dalloway

Mrs. Dalloway foi publicado em 1925 e é considerado um marco do romance modernista. Dois personagens sem ponto de contato. Duas personalidades opostas. Uma cidade em comum: Londres.

Septimus representa o mundo europeu do pós – guerra, repleto de homens que tiveram contato com a guerra, com a morte e que questionam o sentido do mundo moderno. Septimus era um ex- soldado, não sentia mais nada, seu único desejo era morrer.

Clarissa Dalloway era uma mulher de 50 anos, casada com um político conservador. Ela não tinha nenhum talento especial, a não ser o de dar festas para a alta sociedade londrina.

O romance descreve os afazeres comuns desses personagens e os acontecimentos ao redor deles, em Londres. A cidade e suas ruas, lojas, carros e personagens, tomam boa parte de uma detalhada descrição da realidade londrina da década de 1920.

No mesmo dia uma festa e um suicídio, dois mundos apartados se encontram num único instante

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s