A Transparência do Tempo

Em a “Transparência do Tempo”, de Leonardo Padura, o detetive Mario Conde volta aos seus tempos de investigador para ajudar um amigo que teve um objeto familiar roubado. Trata-se de uma obra de arte, uma virgem negra medieval, que por motivos dos tempos passados foi parar em Cuba e, até o ano de 2014, estava secretamente resguardada de possíveis agentes do mercado de arte.

Nessa narrativa, mais uma vez Padura percorre diferentes tempos históricos, revivendo acontecimentos do período das Cruzadas, criando personagens e cenários medievais a partir de uma exaustiva pesquisa. Também nos apresenta as peculiaridades da vida em Cuba de 2014 e nos introduz novamente entre os amigos de Mário Conde que sempre estão presentes em suas histórias imaginadas.

Sempre que leio Leonardo Padura eu sinto uma pequena inveja das suas habilidades em criar personagens com personalidades marcantes e que gostaríamos de poder encontrar a qualquer momento na rua, cumprimentar, conversar e tomar um café. Esses personagens, por alguns dias, tornam-se nossos companheiros e permanecem para sempre na nossa memória afetiva.

Em um determinado momento do livro, Padura comenta sobre a criação desses personagens e histórias, sobre o ato de criação e se pergunta: “Isso é escrever? Transformar-se em outro? Renunciar-se a si mesmo em favor do criado? Tentar recompor o que não tem desígnio prévio possível, e transformá-lo numa criação mais benévola e lógica, de certo modo menos humana e por isso mesmo mais satisfatória? Brincar de ser livre? Até mesmo ser livre?

Eu gostaria de ter essa possibilidade, por um momento ao menos, de ser livre como Leonardo Padura e dar vida a um personagem tão afetivo quanto é Mario Conde.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s