Complô contra América

Esse livro de Philip Roth é uma ficção criada a partir de fatos históricos reais dos Estados Unidos da década de 1940. Roth cria uma situação na qual Charles Lindbergh, que de fato foi um piloto da aviação estadunidense, teria sido eleito presidente dos Estados Unidos no período da II Guerra Mundial, deixando para trás seu concorrente Franklin Delano Roosevelt, que de fato foi presidente dos Estados Unidos de 1933 a 1945.

O aviador Lindbergh era simpatizante do nazismo, esteve em Berlim nos Jogos Olímpicos ao lado de Hitler e defendia a neutralidade americana na guerra de 1945. Na ficção de Roth, os Estados Unidos sob a liderança do aviador, se aproximam das ideias proclamadas por Hitler e os judeus americanos se vêem ameaçados diante de uma possível perseguição.

A ascensão da direita fascista causa uma mudança na rotina das famílias, nas relações que se estabelecem entre os judeus e os demais cidadãos americanos, causando uma série de transformações que afetam a vida de todos.

A pesquisa histórica de Philip Roth para poder criar essa ficção é rigorosa, e é muito interessante ler esse livro hoje, no qual vemos a ascensão da direita e de um ideário autoritário em várias partes do mundo, inclusive no Brasil. Acabamos por identificar as artimanhas de determinados líderes políticos, a percebermos a necessidade de sempre se eleger um inimigo público e a compreendermos os medos pelos quais passam a assombrar aqueles que não compartilham dos mesmos princípios postulados por quem assaltou o poder.

Leitura mais do que recomendada!

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s